quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Blog da Semana - TeOrapia

Oi gente querida,bom dia sejam benvindos(as). O Blog do dia de hoje é o TeOrapia,Blog do meu esposo.
Para resumir(se você quiser saber mais visite-o) ele é Teólogo e Psicanalista, foi dependente de drogas por 12 anos,até que encontrou Jesus e ai tudo mudou,hoje ele se dedica a cuidar desses dependentes e seus familiares num grupo de apoio na Igreja do Nazareno em Campinas.
O Post de hoje mostra que a droga não mata só quem usa,mas também quem esta em volta...



Bebê Com Crise De Abstinência De Crack Passa 14 Dias Internado



Um bebê recém-nascido passou 14 dias internado com crise de abstinência de drogas em um hospital municipal no Bairro Messejana, em Fortaleza. A criança nasceu em 17 de agosto e é o sexto filho de uma usuária de crack, segundo a diretora de apoio técnico do hospital, Ineida Coelho Sales. “Logo após o nascimento, o bebê apresentou tremores no corpo por causa da falta das substâncias químicas. Os sintomas indicavam Síndrome da Dependência Química”, diz Ineida, que é enfermeira obstetrícia e cuidou do caso. A criança foi entregue ao pai nesta quarta-feira (31).



Sequelas

Apesar da liberação do hospital, a criança e a família serão acompanhados por um ano pela unidade hospitalar, de acordo com a diretora. Passado este período, a criança passará por novos exames para identificar as sequelas. Segundo Ineida, a criança pode apresentar retardo do crescimento, dificuldade de sugar o leite materno, hipoglicemia e letargia. A longo prazo, pode ter alteração no desenvolvimento neuropsicomotor, dificuldade de aprendizado, baixa estatura e agressividade.


Tratamento

Para que a criança fosse entregue à família após receber alta médica, um responsável teve de se apresentar no hospital. “Nestes casos, só liberamos o bebê após avaliação de nossas psicólogas. Temos de ter a certeza de que a família e o responsável podem cuidar da criança, do contrário, encaminhamos o caso para o Conselho Tutelar”, explica a diretora.


Durante a internação, de acordo com Ineida, o bebê recebeu medicamentos específicos para o caso. “Foi constatado que ele tinha condições de voltar para casa, então foi liberado”, afirma Ineida. O bebê voltou com o pai para casa. Os dados da família do bebê são mantidos em sigilo pelo hospital, não foram passadas informações se o pai e a mãe moram juntos e qual seria condição das outras crianças.

Blog: http://teorapia.blogspot.com/

Fonte: http://g1.globo.com/ceara/noticia/2011/09/bebe-com-crise-de-abstinencia-de-drogas-passa-14-dias-internado-no-ce.html


6 comentários:

  1. Endosso a indicação e te dou os parabéns pela coragem de falar de um tema ainda cercado de preconceitos e dúvidas!
    E parabéns ao esposo pela volta por cima e por transformar tudo isso que ele viveu em ajuda aos que estão vivendo o problema.
    Beijos
    Karin Montone

    ResponderExcluir
  2. Olá. Passei por aqui para agradecer o carinho e a receptividade. Espero que essa ajuda alcance aqueles que estão passando por problemas. Contem conosco...

    ResponderExcluir
  3. Ah. Parabens pelo blog, ele é um capricho só...

    ResponderExcluir
  4. Nossa que coisa sabia que podia prejudicar mas agir tanto assim no bebe não que triste.

    ResponderExcluir

Agradeço sua visitinha e o seu comentário !!